Bem vindo, hoje é

CONHEÇA O E-COMMERCE VÍRTUA

Cartões de memória falsos. Os fabricantes pouco ajudam no combate

 
memorycard
Amigos,
Fiz a compra de alguns cartões de memória, os quais testei e também mantive contatos com os fabricantes e o resultado de minha análise é exatamente o que se lê no título do post; os fabricantes pouco ajudam o consumidor a comprarem produtos genuínos.
 
Este post está em edição e logo fecho a matéria.

O brasil está repleto de pilantras, aliás, comerciantes pilantras, que se acham muito espertos e para eles, todo consumidor é otário, quando na verdade eles deveriam tratar esses otários como clientes que poderiam indicar suas lojas para os amigos. É bastante revoltante essa situação.

Esses cartões de memória do tipo SD são usados em máquinas fotográficas, filmadoras e também em celulares e portanto, a procura por eles é gigante em todo o mundo e não é diferente no brasil.

Os fabricantes mais conhecidos desses tipos de cartões são as californianas Kingston e SanDisk e a taiwanesa Transcend, todas fabricantes de produtos de armazenamento para informática e vítimas da pirataria.

Na verdade não chega a ser muito difícil encontrar cartões de memória genuínos, porém, devido aos preços absurdamente elevados, é comum as pessoas partirem para compras na internet ou em lojas da região da Santa Efigênia e é nessas fontes que a falsificação está mais presente.

E nada adianta estar fora da embalagem ou na caixinha, pois os piratas se aperfeiçoam a todo momento e portanto, comprar cartões de memória armazenados em embalagens não é sinônimo de compra segura.

Eu fiz uma pesquisa, contatando as três empresas. Observei nos sites, me cadastrei para obter suporte, falei por fone e enviei mansagens nos formulários de contato e também enviei email, tudo visando obter das mesmas o que pode ser feito para tentar evitar a compra de produtos falsificados e trago para cá as minhas impressões.

Na sandisk.com.br encontrei uma grande dificuldade para obter informações sobre os produtos. No site deles não há uma página para a verificação da autenticidade dos produtos, sendo necessário o contato via chat, que é péssimo porque os atendentes parecem não ter interesse em auxiliar nas dúvidas. Também é possível tentar via fone, que também é muito ruim, pois os atendentes não entendem muito o idioma e demoram demasiadamente para responder cada pergunta por mais simples que seja. O atendente, depois de muitas voltas e demonstrando falta de conhecimento sobre os produtos da empresa, pede que sejam enviadas por email fotografias da frente e do verso do cartão suspeito, para resposta posterior. Ao final do contato, fica a sensação de que teria sido melhor não fazer o contato.

Partindo para a kingston.com/br, também não encontrei uma página para verificar se o produto é genuíno.

A Transcend é a única que tem uma página de verificação de autenticidade de seus produtos, através do preenchimento de um formulário de registro de garantia.

Este post está em edição e logo fecho a matéria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...